sexta-feira, 31 de março de 2017

Etapa 278 - Contas e precauções com o IRS

       A etapa de hoje não me correu de feição, hoje e nestes dias do próximo passado, a minha mente distrai-se um pouco a preocupar-se com contas, reconheço que os meus cálculos mentais já não são como eram, reconheci isso depois de ter feito o mapa das contas da Capela referentes ao exercício do ano de 2016, que se de tal me tivesse apercebido a tempo, poderia ter evitado a nota que acrescentei no final do mapa, quanto ao custo do restauro da imagem da Nossa Senhora da Conceição.

      Contas, contas, sempre contas, por mais que queiramos fugir delas, são elas que vêm ter connosco, agora é o IRS, esse castigador aí está, e como sempre, traz novidades e alterações. O prazo de entrega das declarações decorre entre 1 de Abril e 31 de Maio e há dúvidas que cada um, em especial aqueles que, para si ou para outros, assumem o compromisso de entregar as declarações, vale a  pena esclarecer. A entrega automática para trabalhadores dependentes e pensionistas, significa que a declaração é submetida mesmo sem ação do contribuinte. Mas, para os trabalhadores independentes, esses têm sempre que preencher a declaração como sempre fizeram.

      Como neste caso se trata de uma mudança e os imprevistos acontecem, o sistema automático pode falhar, o melhor será deixar que as possíveis falhas sejam detetadas na primeira quinzena e começar a entregar as declarações na segunda quinzena de Abril. Quanto a entregas manuais, o procedimento é como nos anos anteriores.

      No caso das declarações automáticas  Autoridade Tributária, no meu entender, mesmo que o contribuinte não tenha feito o ok  até 31 de Maio, considera que todos os valores lá apresentados estão corretos, mas há a ter em conta: se a pessoa for casada vi ser, por defeito, considerada solteira e  se tiver dependentes, as faturas serão contabilizadas no contribuinte em que foram passadas.

      Fico-me por aqui, não confiem muito em mim, informem-se. Eu que até me escaldei o ano passado com um erro dos serviços da AT, as declarações que poder entregar manual e presencial, entregarei, porque na posse das fotocópias detectam-se melhor os erros ou enganos.

      O santo de hoje é: São Benjamim, Mártir
      ( + Pérsia, sec. V) "Era diácono e pregava a verdadeira religião entre os adoradores do fogo que dominavam a Pérsia. Foi aprisionado e sofreu tormentos espantosos por se recusar a adorar o fogo. Afinal morreu empalado, por mor a Nosso Senhor Jesus Cristo".
 
      Oração: - Pai, faze-me a compreender a importância da comunidade na dinâmica d consolidção d minha fé no Senhor ressuscitado. Amém.

     

Sem comentários:

Enviar um comentário